Seleção de:

radio showroom textil

Seleção de:

radio showroom textil

Desenvolvimento de Novos Processos no Tingimento de Algodão com Corantes Directos

Devido às suas propriedades intrínsecas, entre as quais se destacam a sua leveza e toque natural e agradável, os artigos de vestuário produzidos a partir de fibras de algodão assumem papel predominante na escolha dos consumidores, em especial nas épocas mais quentes do ano. No entanto, o tingimento deste tipo de materiais é um processo relativamente complicado e com um forte impacto ambiental. Este facto, deve-se aos elevados volumes de água consumidos no decorrer do processo, ao consumo de energia associado, e à forte carga poluente que os banhos residuais comportam, nomeadamente no que se refere à presença de electrólitos e de quantidades significativas de corante não absorvido pela fibra.

Os Corantes Directos formam com as fibras de algodão ligações de hidrogénio relativamente fracas, que originam a obtenção de tintos com baixos índices de solidez à lavagem. No entanto, devido ao seu baixo custo, à sua facilidade de aplicação quando comparados com outras classes, e à boa solidez à luz, continuam ainda a ser bastante utilizados no tingimento de materiais que raramente ou nunca são lavados, tais como cortinados e estofos.

Pretende-se com o desenvolvimento do presente projecto, desenvolver novos processos de tingimento de fibras de Algodão com Corantes Directos, capazes de reduzir a carga poluente inerente ao tingimento e melhorar os índices de solidez à lavagem dos tintos obtidos, mantendo a facilidade de aplicação e os níveis de solidez à luz característicos desta classe de corantes.

Com esse objectivo, procedeu-se à cationização prévia das fibras de algodão, com o intuito de reduzir ou mesmo eliminar a adição de electrólitos aos banhos de tingimento. Pretende-se igualmente aumentar os níveis de esgotamento obtidos, para valores próximos dos 100%, conseguindo-se desta forma reduzir substancialmente a carga poluente dos banhos residuais.

Devido às alterações introduzidas no sistema corante/fibra, efectuou-se a avaliação do comportamento das diferentes sub-classes dos Corantes Directos nas condições usuais de tingimento, e procedeu-se à adaptação dos processos, no sentido da obtenção de curvas de esgotamento com perfis susceptíveis de diminuir a probabilidade da ocorrência de tintos não uniformes, reduzindo em simultâneo o tempo total do processo.
Para tal, efectuou-se a monitorização “on-line” das curvas de esgotamento de diferentes corantes aplicados isoladamente e em mistura, recorrendo-se para o efeito à utilização do SIMCOR (Sistema Integrado de Monitorização da Cor) (Figuras). Em função dos resultados obtidos, foram sucessivamente ajustados os parâmetros dos processos de tingimento, com vista à obtenção dos resultados desejados

Desenvolvimento de Novos Processos no Tingimento de Algodão com Corantes Directos

ESTUDANTES:

UNIDADE:

Projecto na Universidade

PROFESSOR:

Desenvolvimento de Acessórios Têxteis com Sensores Integrados

Com este projecto pretendeu-se implementar um sistema que permita, através de sensores que possam ser integrados em têxteis, a detecção dos movimentos da respiração, a detecção dos batimentos cardíacos e a medição da temperatura corporal. Para detecção da respiração e dos batimentos cardíacos, desenvolveu-se uma cinta utilizando sensores piezoeléctricos ou uma malha, utilizando como matéria-prima fio condutor, em que a própria malha funciona como um sensor de extensão, que poderá ser utilizada na detecção da respiração. Este sensor é sensivel á extensão, sendo nesta aplicação absolutamente imprescindível que a malha possua boa elasticidade e estabilidade. Para tal foram realizados testes de resistência eléctrica vs alongamento/contracção cíclica. Em relação á monitorização da temperatura, foi projectado um acessório têxtil, no qual foi aplicado um sensor de temperatura do tipo NTC, de pequeno tamanho e de fácil aplicação, que permitiu uma constante monitorização da temperatura. Para interpretar os resultados obtidos foi desenvolvido um Software que permitisse em tempo real permitir a leitura e visualização dos resultados. Analisando os resultados obtidos com o sensor piezoeléctrico, conclui-se que este sensor é muito sensível a pequenas oscilações. Em relação à monitorização dos movimentos respiratórios, os resultados são muito bons. Consegue-se perfeitamente distinguir o ciclo da respiração (inspiração e expiração, ver figura). Em relação ao sensor de malha, existiu alguma dificuldade em obter-se resultados reprodutíveis. Esta contrariedade é devido à pequena estabilidade da malha utilizada, que poderá ser substancialmente melhorada em futuros desenvolvimentos. Na monitorização da temperatura, um dos problemas que surgiu no dimensionamento do acessório têxtil é o da zona de aplicação do acessório, a axila, que é uma zona sensível. Foi dimensionado um acessório que garantisse a protecção do sensor, e ao mesmo tempo, o mais importante, o conforto.

 

Desenvolvimento de Acessórios Têxteis com Sensores Integrados

ESTUDANTES:

UNIDADE:

Projecto na Universidade

PROFESSOR:

Espaço sem fumo-Uma aventura sem gravidade

Dois alunos da licenciatura de Engenharia Têxtil – Tiago Pires e Rui Gomes – participaram em 2002 numa campanha de vôos parabólicos organizada pela agência espacial europeia, a ESA.  A experiência científica proposta pela equipa foi seleccionada para a campanha e…começou aí uma grande aventura.

Espaço sem fumo-Uma aventura sem gravidade

ESTUDANTES:

Tiago Pires
Rui Gomes

UNIDADE:

PROFESSOR: